"Quando não existe ninguém com tempo e amor para se dedicar a nós, temos sempre o nosso próprio amor, o amor - próprio. E esse não é nenhuma metáfora nem figura de estilo, cultiva-se(...)"  MRP.