Já eu iniciava o meu plano de viagem com as seguintes palavras (...) "um dia repleto de monumentos e muita fotografia" e assim foi.
Sim, eu sei que a maior parte das pessoas conhece Belém, até eu, que já lá fui umas dez vezes, mas há sempre coisas que ficam para se ver. 
Não me vou expandir muito, excepto sobre a minha ida ao Museu Berardo, que é passagem OBRIGATÓRIA quando me encontro em Lisboa. 
Estão presentes três exposições, das quais uma permanente " Museu Colecção Berardo (196-2010)", e duas temporárias: "BES Photo 2012" e "Nikias Skapinakis - Presente e Passado (2012-1950)", das quais apresentarei as minhas obras preferidas, mas poucas, pois o objectivo é vocês conhecerem pessoalmente. 
E é claro terminei o dia com uns Pasteis de Belém e um café do Starbucks. (No próximo post do roteiro indicarei preços e nomes de tudo).




 Museu Berardo