A situação económica-financeira de Portugal é do conhecimento de todos, tanto dos empregadores como dos trabalhadores e desempregados. O que muitas pessoas não sabem, é que existem empregadores sem vergonha, e como boa cidadã que sou quero partilhar convosco uma situação, das duas que já se sucederam comigo.

Infelizmente, a minha situação económica-financeira cá em casa é bastante parecida com a do país, mas com a diferença que não possuímos dividas (sempre vivemos mediante as nossas possibilidades), mas o dinheiro começa a ser escasso, e isso fez com que neste momento voltasse a procurar emprego. (sim, há muitos anos que tento encontrar um trabalho, mas a tarefa não está a ser fácil).

Uma dos sites que mais acedo, é o http://www.net-empregos.com

Todos os dias e várias vezes, procuro as ofertas que vão aparecendo no meu distrito, que neste caso é Leiria, e infelizmente só me posso redimir ao mesmo, pois ainda me encontro a estudar.

Uma das ofertas que mais se encontra é a solicitação de Comerciais D2D, e para quem não sabe trata-se de angariar clientes porta a porta para uma determinada empresa, normalmente de comunicações (zon, meo...). Visto que era a única à qual me podia candidatar, decidi arriscar e enviar currículo para o email que aparecia no anuncio. 

Passado dois dias, ligaram-me para um entrevista, que foi marcada num café (que lugar tão propício, mas pronto, era o menos preocupante) e depois de muita hora de conversa, a mesma disse que nesse mesmo dia me enviaria por escrito todas as condições para iniciar o belo trabalho esta segunda feira.

Pois bem, na conversa que a mesma teve comigo no café, disse que eu trabalharia das 14h às 22h, que ganhava 2,50€ à hora, 10€ por dia, e que não tinha direito a subsidio de alimentação pois trabalhava a tempo parcial, isto 5 dias por semana, e ocasionalmente, fins de semana. 

Reti toda a informação, e como tive direito do trabalho este semestre sabia perfeitamente o quanto errado aquilo estava. No entanto, solicitei que a mesma me enviasse as condições por escrito via e-mail antes de assinar o contrato de trabalho.

Antes da mesma me enviar todas as informações, retirei as minhas próprias conclusões face ao que tinha estudado (Obrigada Professora/Advogada Tânia Patrícia), e eis a situação:

O meu horário de trabalho seria das 14-22h de segunda a sexta, isto dá 8h diárias, 40h semanais. Então isto trata-se de trabalho completo e não de um trabalho parcial.

Se se trata de um trabalho completo e/ou quando se trabalha mais de 5h p/dia, então tenho direito a subsidio de alimentação, que é de 4,65€ p/dia aproximadamente.

Por dia, só ganhava no máximo 10€, ou seja, das 14h às 22h, estaria a receber 1,25€ p/hora e não os 2,50€ p/hora como a mesma indicou. 

Com tudo isto no meu cérebro, esperei que ela me enviasse as condições de trabalho, e assim foi. No sábado recebi por e-mail o tão esperado "papel" com tudo explicito. 

Conforme o que recebi, a minha obrigatoriedade é apenas 4h/por dia como comercial. E aí sim, tudo batia certo (2,50€ p/hora =10€ p/dia, e como trabalhava menos de 5h p/dia não tenho direito a sub. de alimentação), mas o meu horário não seria das 14h às 22h, mas sim das 18h às 22h.

Enviei um e-mail a apresentar-lhe todo o meu raciocínio, e resposta da mesma foi: 

"Só trabalha 4 horas para efeitos de contrato, e na portas ´vai trabalhar até menos. Quando falei dos horários foi das horas que nos devemos encontrar porque antes do trabalhos existem sempre coisas para tratar, além disso como trabalhamos por objectivos quanto mais trabalhamos mais ganhamos."

Ora, como eu sou uma pobre desgraçada, jovem e preciso mesmo de dinheiro, eu tinha que trabalhar 4h de graça para conseguir trazer mais de 240€ para casa por mês.

A MINHA RESPOSTA FOI UM NÃO BASTANTE REDONDO. O facto de ser jovem, não faz de mim burra e inculta!

Para conhecerem um anuncio semelhante ao qual me candidatei, pertencente à manpower, acedam a este link:
http://www.net-empregos.com/1752994/entrada-imediata-promotores-comerciais-canal-d2d-leiria/#.Ue1-bI3VAWI

9 comentários

  1. O que mais há por aí é gente a explorar e aproveitarem-se da crise...principalmente com os jovens. Quero acreditar que isto um dia vai mudar e se quiserem vão ter que pagar...

    ResponderEliminar
  2. fiquei parva, mas é assim ja trabalhei condições bem piores que essas!!! mas hoje em dia ta bom é para os patrões e quem quer quer quem nao quer ha de haver quem queira!! é merda de mundo onde vivemos!!

    ResponderEliminar
  3. Sem comentários, antes de eu vir aqui e inaugurar a parte de comentários era assim que isto deveria ficar !
    Já conhecia o site e há mesmo muitas coisas que nos passam ao lado e à qual seguimos iludidas !
    Fizeste muito bem expor aqui toda a verdade !
    Beijinhos e boa sorte na procura de emprego

    ResponderEliminar
  4. eu fico possuida com estas situações! aproveitam se ao máximo das pessoas que precisam! A minha área está muito mal tbm e a exploração é ao mais alto nivel!

    Obrigada por partilhares!

    ResponderEliminar
  5. Há muitas ofertas desse tipo de comerciais que nem esses meros 240€/mês oferecem! Ganhas à comissão, tens de gastar combustível às tuas custas e usar a tua viatura! Já para não falar do facto que a maioria desse tipo de emprego inclui enganar pessoas...

    ResponderEliminar
  6. Também já me aconteceu o mesmo! E não é so desse tipo de empresas. Eu fui chamada para trabalhar numa loja muito conhecida por todos nós e o que ia ganhar era 2,80€, 4 horas por dia! Que no final do mês daria 224€ e o que me foi informado é que ia ganhar o dobro do mesmo por causa de comissões e prémios. Nós jovens levamos com este tipo de coisas pois a situação do país quase que nos obriga a aceitar isto! Estamos mal mas temos que ser racionais também! Beijinho

    ResponderEliminar
  7. :O estou espantada, infelizmente muitos tentam enganar assim :/ nao valia o teu esforço querida :/ pode ser que entretanto encontres algo.. tb ando a imenso tempo a procura de emprego entrego cv's em tudo o que é sitio e o facto é que ate agora tb ainda noa arranjei nada.

    boa sorte :)

    beijinho^^

    ResponderEliminar
  8. Este país é mesmo uma vergonha!
    Ias trabalhar a tempo inteiro, mas só declaravas meio horário... isto de facto!! :(
    Infelizmente há muita gente que se sujeita e que nem tema alternativa, e o nosso governo, nem sequer defende estas pessoas.
    Estou na mesma situação que tu, e que tantos outros jovens no nosso país. Concluí o meu curso e emprego que é bom, nada. Optei por tirar mestrado, mas sempre enviando CV's para ver se arranjava algo.
    Este país, parece que está cada vez pior e que o nosso futuro vai ser mesmo uma grande porcaria. :S

    Boa sorte na tua busca! Espero que em breve as coisas melhorem.

    Beijinhos

    www.seferys.com

    ResponderEliminar
  9. Era assinar o contrato e depois fazer só mesmo o que lá está escrito. Está mal? Ou mandam embora com a indemnização (que era irrisória certamente) ou iam a tribunal apanhar uma bela de uma multa!
    Ah pois, estamos em Portugal e o processo ia demorar uns 10 anos lol esqueçam lá isso.
    Fizeste muito bem em recusar :) Espero que encontres algo decente em breve!**

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.