Concluída a apresentação do projeto "É um blogue português, com certeza!" através deste artigo: http://www.love-other-drugs.com/2013/07/e-um-blogue-portugues-com-certeza-novo.html, eis que vos apresento o segundo blogue de outubro; o Feel Fashion, escrito pela Mena.

Em 2011 criou o seu blogue sobre moda, e como já vem a ser hábito, quis saber um pouco mais sobre ela enquanto blogger, e realizei um pequena entrevista; 


Como surgiu a ideia de criar um blogue?
Quando terminei os estudos, fiquei com muito tempo livre. Não conseguia arranjar emprego e o computador era a minha companhia diária. Passava muito tempo no Facebook e a "passear" pelos meus blogs de eleição. Achei que era altura de dar sentido a tantas horas passadas na Internet. E assim surgiu o meu 1º blog (não o Feel Fashion). Sim, eu tive ainda uns 2 ou 3 blogs antes deste mas nenhum se manteve por muito tempo. Acho que ainda não tinha encontrado o tema ideal sobre o qual escrever. Sabia que gostava de escrever, que tinha diversos interesses e que um blog até era uma coisa que estava na "moda"... Mas foi difícil encontrar a verdadeira vocação no que toca a este mundo da blogosfera. 
O Feel Fashion nasceu inspirado nos meus blogs favoritos! No entanto, um pouco mais virado para o lado pessoal. 

Porquê o nome Feel Fashion?
Originalmente, o nome do blog era "Feel Fashion, com conta, peso e medida". Porquê? Traduzido à letra seria "Sente-te na moda, com conta, peso e medida". Inicialmente, a minha ideia era criar um espaço que abordasse os temas da moda e da beleza, apenas numa vertente mais económica. Com o tempo isso mudou. Tento sempre dar a conhecer boas marcas, com uma boa relação qualidade-preço. Mas já não fico só por aí. O alcance do blog aumentou e com isso criaram-se novas exigências. 
No entanto, o nome apenas mudou porque era demasiado extenso, a meu ver (o link mantém-se e o objectivo inicial também).

Quais as principais mudanças que surgiram na tua vida, desde a criação do blogue?
Inicialmente, ganhei um novo interesse, uma nova razão para ligar o computador todos os dias. Quem está ou esteve desempregada durante algum tempo perceberá o que quero dizer. Foi como se a minha vida ganhasse um novo sentido. Já tinha um bom motivo para me levantar cedo da cama. Foi o desanuviar que eu precisava.
A longo prazo, não creio que tenham surgido grandes mudanças. Escrevo sobre aquilo que sei, gosto e sinto. É certo que tenho aprendido muito com as pesquisas que faço, tornei-me uma pessoa mais atenta a todo este mundo da moda e da beleza. Percebo agora o que é fazer parte de uma comunidade que eu não imaginava ser tão grande. Mas nem tudo é um mar de rosas. A blogosfera é um lugar tendencioso e que pode ser muito madrasta. Também já sofri à sua mercê. Neste momento, vejo as coisas como elas são e não me deixo afetar tanto. 

Que futuro desejas para o teu blogue?
Não tenho grandes aspirações para o meu blog. Vou vivendo um dia de cada vez. Se o seu futuro puder ser tão bom como tem sido até agora, isso basta. Claro que poderia enumerar um grande conjunto de desejos. Mas para quê? Muitos deles, partem de mim própria, sim. Mas a maioria também parte dos meus leitores. E se tudo continuar como previsto, tenho a certeza que os irei alcançar.

Qual o tipo de artigo (apenas um) que mais gostas de publicar no blogue?
Eu escolhi moda e gosto de publicar um pouco sobre tudo. Muito sinceramente, não há um tema sobre o qual goste mais de escrever. Mas se me pedes um, talvez me dê mais gosto escrever sobre um artigo novo, uma mala nova, uns sapatos novos... Gosto muito de partilhar as minhas compras novas com as minhas leitoras e adoro que os gostos delas vão de encontro aos meus. Este é um tipo de artigo sobre o qual o feedback é mais positivo e talvez isso também me influencie na minha escolha.

Sendo leitora do Love & Other Drugs, o que te levou a segui-lo?
Muito honestamente, não me lembro porque comecei a segui-lo. Muitos dos blogs que agora sigo, tive conhecimento através de passatempos que os próprios promoviam. Talvez tenha sido o caso. Contudo, há blogs que, posteriormente, também me ficam na memória. Não só pelos conteúdos mas porque têm nomes apelativos ou designs fora do comum. No teu caso, acho que foi pela forma como abordas certos temas. E também gosto muito da pessoa que és enquanto blogger. Directa e sem meias palavras, mas de um forma muito meiga e cativante. Isso é raro numa blogger.
_________

2 comentários

  1. Joana, muito obrigada!
    Este teu projeto é, sem dúvida, fantástico!
    Um beijinho,
    Mena

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mena,
      Não tens nada que agradecer, é com orgulho que apresento todas as semanas blogues portugueses :)

      Beijinho

      Eliminar

Com tecnologia do Blogger.